17500693_kWWYw.jpg
Ao meu marido, que me apoiou, sendo o meu braço direito em todo o processo da minha doença, para ele um obrigado com muito carinho e amor

.posts recentes

. ...

. Homenagem a mais uma amig...

. Lembrando momentos que pa...

. Historia do Laço Cor-de-r...

. ...

. ...

. Mais uma informação

. ...

. Foi só Susto

. Mais um ano passado e eu ...

.arquivos

. Julho 2015

. Junho 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Outubro 2014

. Outubro 2013

. Outubro 2011

. Julho 2011

. Dezembro 2010

. Setembro 2010

. Junho 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

Sábado, 19 de Setembro de 2009

Sono

Pouco sono pode aumentar risco de cancro de mama

Estudo japonês indica que poucas horas de sono podem aumentar a hipótese de contrair cancro de mama

Mulheres que regularmente dormem seis horas ou menos por noite podem aumentar em mais de 60% o risco de contrair cancro de mama, segundo um estudo de investigadores japoneses divulgado pela edição on-line da BBC Brasil.

O estudo, realizado por uma equipa da Tohoku University Graduate School of Medicine de Sendai, no Japão, foi publicado na revista académica "British Journal of Cancer". Os cientistas analisaram os hábitos de quase 24 mil mulheres com idades entre 40 e 79 anos durante oito anos. Nesse período, 143 foram diagnosticadas com cancro de mama.

Os investigadores descobriram que aquelas que dormiam regularmente seis horas ou menos por noite tinham 62% mais hipótese de ter cancro de mama comparado com as que dormiam regularmente sete horas. Além disso, mulheres que dormiam, em média, nove horas por noite tinham 28% menos hipótese de contrair o tumor.

Os cientistas acreditam que a ligação pode estar na hormona melatonina, produzida pelo cérebro durante o sono para regular o relógio interno do corpo. A melatonina teria um papel importante na prevenção do cancro de mama ao controlar a quantidade de hormonas sexuais que é libertada.

Os investigadores afirmam, no entanto, que não tiveram informações sobre a qualidade do sono das mulheres, o uso de remédios para dormir ou a presença de problemas na hora de dormir.

A organização Cancer Research UK disse que «um número crescente de estudos» aponta para uma ligação entre falta de sono e câncer.

«A evidência actual sugere que os hábitos na hora de dormir podem ter um pequeno efeito no risco de cancro de mama», disse Henry Scowcroft, da Cancer Research UK ao jornal Daily Mail. «Mas ainda é muito cedo para dizer se esse efeito é importante quando comparado com outros factores de risco no estilo de vida, como peso, exercícios e consumo de álcool», concluiu.

2008-11-05

Pode encontrar este artigo em: Sapo Saúde

 

 

 

publicado por Maria de Lourdes às 17:44
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.Meu Signo


RecadosOnline.com

.Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.favorito

. Oração a Nossa Senhora da...

. Cancro da Pele

. Voluntariado

. Histórias Que o 25 de Abr...

. Terceiro cântico do Servo...

. Consulta

. Morte do Domingos

. Recordar Ainda é Dificil

. Liberdade de Imprensa

. Ano Novo

.links

.pesquisar

 

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds